A ABCP e a Criação das suas Diretorias Regionais

REGIONAL SULAs diretorias regionais são o resultado de uma iniciativa da atual diretoria da ABCP e fazem parte de um percurso iniciado há mais de 30 anos. Conforme exposto no site da diretoria nacional:

“Fundada em 1986, a Associação Brasileira de Ciência Política é uma entidade sem fins lucrativos, que reúne centenas de acadêmicos – pesquisadores, professores e estudantes – e profissionais da área de Ciência Política e outras correlatas.

Ao longo de sua história, a ABCP esteve envolvida, através da atuação direta de seus associados, na construção da memória da Ciência Política brasileira. Nos últimos 30 anos, a associação promoveu parcerias com diversas fundações nacionais e internacionais, institutos de pesquisa, agências de fomento, universidades, e outras entidades públicas e privadas, cujos recursos materiais, imateriais e humanos foram de vital importância para a criação de centenas de eventos acadêmicos e outras iniciativas, que acabaram por promover a expansão da área através dos programas de pós-graduação e, mais recentemente, dos cursos de bacharelado em Ciência Política e Relações Internacionais.

Desde 1996, a ABCP promove congressos bienais, os chamados “Encontros”, voltados para a circulação da produção científica, a promoção do conhecimento e o debate de questões que envolvem as diversas áreas temáticas da Ciência Política nacional e do mundo. A partir de 2009, passou também a auxiliar e contribuir diretamente com a organização do Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, uma iniciativa autônoma dos estudantes da área para aumentar o escopo dos debates a nível de pós-graduação.

Nesse sentido, a ABCP reúne uma parcela significativa de intelectuais e pesquisadores, que produzem não apenas o que há de mais significativo para a área de Ciência Política no país, mas que zelam constantemente pela manutenção de elevado padrão ético e profissional, das instituições políticas brasileiras e, principalmente, pela democracia.

A associação também mantém a publicação científica mais importante da sua área no Brasil, a Brazilian Political Science Review, revista eletrônica editada desde 2007 e disponível na plataforma SciELO.

Entre as iniciativas mais recentes da ABCP, estão os auxílios financeiros à participação de doutorandos em congressos de associações estrangeiras, a abertura à categoria de associado em nível de graduação, e a produção de eventos de menor porte voltados para a criação local de seminários, cursos e escolas de aprendizado temático específico.

Em 2017 a associação iniciou um processo de regionalização ao articular a criação de diretorias regionais eleitas por voto direto. As diretorias regionais fazem parte de um projeto cujo objetivo é aumentar as capacidades locais da associação na realização de suas atividades.”

Nesse contexto, foi eleita a primeira diretoria da Regional Sul, composta por um representante de cada estado da Região.

Anúncios